• Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon

© 2018 www.roviscopais.pt created by

TÉCNICAS MÉDICAS DE APOIO AO INTERNAMENTO, CONSULTAS E TRATAMENTOS

ESTUDOS URODINÂMICOS

Coordenador: Dr Paulo Margalho :: Assistente Graduado Sénior de MFR :: Diretor de Serviço de Lesionados Medulares :: Formação estágio em Urodinâmica no Centre de L`Arche – Le Mans

Reconhecidamente é fundamental na avaliação da bexiga neurogénica, seja ela de etiologia encefálica, medular ou periférica, o recurso ao Estudo Urodinâmico, “Gold standard” neste objectivo.

O CMRRC-Rovisco Pais possui desde 2005 de um aparelho MMS (Medical Measurement Systems) que permite a realização das várias fases deste exame: fluxometria, cistomanometria de enchimento e esvaziamento e perfilometria. Em qualquer uma das fases, permite a detecção electromiográfica do esfíncter uretral externo, peça fundamental na detecção da dissinergia vesico-esfincteriana.

São referenciados a esta consulta doentes provenientes do internamento do CMRRC-RP, da sua consulta externa e também de outros hospitais e centros de saúde que não possuem este exame.

Peça importante do exame é a prévia história clínica e exame neurológico, com especial atenção ao neuro-urológico, como forma de orientação na integração dos dados obtidos.

É um exame realizado em articulação com equipe de enfermagem, quer na parte técnica propriamente dita, mas também no aconselhamento pós-exame.

 

 

Médicos especialistas afectos à consulta: Dr Paulo Margalho, Dra Susana Santos, Dra Inês Campos

ECOGRAFIA MUSCULOESQUELÉTICA

Coordenador: Dr João Constantino Assistente hospitalar de MFR Formação em Ecografia Musculoesquelética realizado Hospital Universitário de Hacetteppe em Ankara (Turquia)

O papel da ecografia na avaliação do aparelho musculo-esquelético tem vindo a crescer, acompanhando o avanço tecnológico dos últimos anos. A ecografia apresenta-se como uma técnica inovadora, barata, inócua, segura e com crescente resolução, permitindo, ao médico com formação específica, obter imagens em tempo real complementares ao exame clínico musculo-esquelético. Desta forma, permite informação adjuvante importante na avaliação de estruturas articulares e periarticulares. Além da sua importância na avaliação inicial de estruturas do aparelho musculo-esquelético, esta técnica permite o seguimento/follow-up de lesões traumáticas do aparelho locomotor, no contexto de programas de reabilitação. Adquire particular valor a nível da medicina desportiva, apresentando-se como um exame de elevada qualidade e fácil acesso na avaliação de lesões, permitindo, um melhor controlo evolutivo das patologias e uma melhor decisão do regresso à atividade desportiva.

 

A realização de intervenções invasivas é outras das áreas de grande valor na aplicação desta técnica, uma vez que procedimentos guiados por imagem têm uma maior segurança e eficácia. A realização de intervenções ecoguiadas, pela disponibilidade de imagens dinâmicas em tempo real e a capacidade de visualização da posição/colocação da agulha, fazem da ecografia uma ferramenta importante na prática corrente do médico especialista em Medicina Física e de Reabilitação. Alguns dos procedimentos que poderão ser realizados neste contexto são: artrocenteses, infiltrações articulares e periarticulares (bursas, tendões e calcificações), aplicação de toxina botulínica, bloqueios nervosos, realização de viscosuplementação (injecção de ácido hialurónico intra-articular), entre outros.

 

Médicos especialistas afectos à consulta: Dr João constantino, Dr Paulo Margalho, Dr Filipe Morais

AVALIAÇÃO DOS PARÂMETROS TEMPORO-ESPACIAIS DA MARCHA

Coordenadora: Dra Inês Campos Assistente hospitalar de MFR Formação em análise de marcha no Instituto MossRehab em Filadélfia (EUA)

O CMRRC-RP dispõe de um sistema de análise de marcha electrónico portátil denominado GAITRite®, que dispõe de sensores activados pela pressão para determinação de parâmetros temporais e espaciais da marcha e da impressão plantar. Este sistema permite adequar terapêuticas farmacológicas, de toxina botulínica e fenol, adaptação de ortóteses ou de calçado adaptado, selecção e comparação da eficácia de auxiliares de marcha e avaliação de terapias cinesiológicas ou outras.

 

Este dispositivo permite assim orientar o programa de reabilitação da marcha e fazer uma avaliação objectiva dos respectivos resultados.

Médicos especialistas afectos à consulta: Dra Inês Campos

TOXINA BOTULINICA E MONITORIZAÇÃO DE BOMBAS DE BACLOFENO

falta informação

falta conteudo

ELETROMIOGRAFIA

FALTA INFORMAÇÃO

FALTA CONTEUDO

ESTIMULAÇÃO MAGNÉTICA TRANSCRANIANA

FALTA INFORMAÇÃO

FALTA CONTEÚDO

CONSULTA DE MESOTERAPIA

Coordenador: Dr Filipe Morais Assistente hospitalar de MFR Pós-graduação em Mesoterapia do Hospital de São José - C.H. Lisboa Central Pós graduação em Medicina do Desporto pela Faculdade Medicina da Universidade do Porto

A mesoterapia é uma técnica médica que é usada no tratamento da dor aguda ou crónica, com origem no aparelho musculoesquelético. Teve o seu início em França em 1952 e consiste na introdução de medicamentos, por via intradérmica ou subcutânea, na projeção perpendicular à lesão ou dor, utilizando uma agulha de pequeno calibre. A aplicação é feita com agulhas muito finas e apenas a uma profundidade de alguns milímetros. São realizadas várias injeções, na zona onde existe a lesão, com o objetivo de obter uma ação local.

A mesoterapia representa uma nova via de administração de fármacos no organismo em pequenas quantidades e em concentrações elevadas, no local exato onde a ação terapêutica é desejável. Ou seja, aproxima a ação terapêutica dos medicamentos ao local da patologia.

 

No CMRRC - Rovisco Pais o ato terapêutico é realizado após consulta e exame médico, de forma a que exista um diagnóstico preciso. Deste modo, são empregues os fármacos adequados, no local indicado. 

 

Os objetivos desta técnica são a redução de quadros álgicos em múltiplas patologias agudas ou crónicas, com consequente melhoria da funcionalidade e qualidade de vida. Assim, a mesoterapia representa um complemento ou até uma alternativa a outros métodos antiálgicos.

 

Médicos especialistas afectos à consulta: Dr Filipe Morais

 

Periodicidade de consulta: 2 períodos semanais

CONSULTA DE ACUPUNCTURA

Coordenadora: Dra Sandra Oliveira Assistente hospitalar de MFR Pós-graduação em Acupunctura Médica na Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra em 2014 Competência em Acupunctura Médica pela Seção Regional do Centro da Ordem dos Médicos desde 2015

A acupunctura é uma técnica terapêutica, reconhecida pela Ordem dos Médicos, onde agulhas muito finas são inseridas em pontos específicos do corpo, com o objetivo de modular o sistema nervoso central e periférico.

O gabinete médico está equipado com o material necessário, nomeadamente uma marquesa, compressas, algodão, álcool, agulhas (esterilizadas e descartáveis), estimulador elétrico e recipiente para lixo biológico.

Os doentes são avaliados numa primeira consulta, onde é colhida a história clínica e feito o exame objetivo e diagnóstico. Se o doente tiver indicação, decide-se o plano de tratamento (número de sessões e os pontos de punctura).

 

Antes de proceder ao tratamento, o doente deve assinar obrigatoriamente o consentimento informado, após ter sido informado acerca das vantagens deste método terapêutico, dos seus efeitos e possíveis efeitos colaterais/complicações que possam surgir.

 

Cada tratamento tem uma duração de 20-30 minutos, com observação constante, após os quais são retiradas as agulhas. As sessões são semanais com uma duração variável, consoante o diagnóstico e a evolução clínica. Por norma, um limite de 6 a 8 sessões constitui um valor consensual para definir a resposta ao tratamento.

 

As principais indicações são doentes com dor musculosquelética, rinite alérgica, depressão, fibromialgia, cefaleias e dor neuropática.

Médicos especialistas afectos à consulta: Dra Sandra Oliveira

Periodicidade de consulta: 1 período semanal

PLATAFORMA DE EQUILIBRIO

FALTA INFORMAÇÃO

FALTA CONTEÚDO

Please reload